top of page

Como identificar se você está com ansiedade

Encontrar uma pessoa que nunca experimentou sintomas de ansiedade é algo raro. Seja por conta da incerteza em se manter no emprego, medo como consequência da pandemia ou por qualquer outra questão, falar sobre ansiedade nunca esteve tanto em evidência.

Para piorar, muita gente não sabe o que fazer quando sente algum sintoma de ansiedade e fica confuso para entender se realmente é algo grave e que precisa de intervenção médica. Aqui nesse artigo iremos te ajuda a identificar o que é ansiedade e o que não é!

O QUE NÃO É ANSIEDADE

1. Preocupações
Se preocupar com um problema, uma conta a pagar, um resultado futuro é normal. O que não significa que você esteja com ansiedade! Isso só significa que valoriza aquela situação e que se importa com o resultado da mesma.

2. Nervosismo
Se sentir nervoso não significa que você esteja com ansiedade. Há momentos em nossas vidas, ainda mais os que envolvem expectativas, que é normal se sentir nervoso. Um exemplo disso são pessoas tímidas quando vão falar em público, o nervosismo em se sair bem frequentemente as acompanha.

Lembrete!
Apesar de só se sentir preocupado e nervoso não possa ser considerado ansiedade, quando a preocupação e o nervosismo é constante ao ponto de impedirem que você possa concluir uma atividade e atrapalhar sua rotina, vale a pena prestar atenção e considerar os sinais que vamos listar abaixo.

O QUE É ANSIEDADE


A ansiedade e os transtornos de ansiedade podem ser descritos como um conjunto de doenças psiquiátricas marcadas pela preocupação excessiva ou constante de que algo negativo vai acontecer, uma preocupação constante com o futuro.

O diagnóstico se está com ansiedade ou transtornos de ansiedade deve ser feito por um profissional da saúde, porém alguns sinais dão a dica de quando você deve procurar ajuda médica:

1. Dificuldade em se concentrar
Quando sua mente está a mil e pensamentos não param de surgir na sua cabeça referente a preocupações sobre um resultado futuro, um problema que esteja atravessando ou até outro motivo, isso é um indicativo que a ansiedade já pode estar atrapalhando o seu dia-a-dia.

2. Crises de pânico

3. Pensamentos acelerados e invasivos

4. Sintomas físicos
Suor excessivo, arritmia, taquicardia, tonturas, boca seca, dificuldade em respirar são alguns exemplos

5. Alterações no sono e apetite

6. Alterações de humor

Quanto mais cedo conseguir identificar e tratar a ansiedade melhor serão os resultados. Você pode realizar um teste utilizado pela Daya para ajudar a orientar o nível de ansiedade, estresse e depressão, o DASS-21 nesse link.

Lhe desejamos sempre o melhor!
Post: Blog2_Post
bottom of page